Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Rússia espreita crise da União Européia

Velho plano soviético:
Putin propõe integração à UE desde Lisboa até Vladivostok
A utopia da União Européia está em crise. Sua moeda-símbolo, o euro, ameaça depauperar sensivelmente os povos que hoje são suas vítimas. Nesse momento de incerteza e divisão, os herdeiros da falida URSS tentam reeditar o velho projeto de conquista do continente pelos sovietes.

Com a maior sem-cerimônia, o chefe do governo da Rússia, Vladimir Putin, propôs em artigo publicado pelo jornal Izvestia, uma unificação ainda maior do que aquela que está afundando os países europeus. A mesma seria feita “desde Lisboa a Vladivostok” e, obviamente, sob a égide do urso russo, noticiou o diário “El País” de Madri.

A Rússia não tem sequer uma economia autosuficiente; só se sustenta pelos fabulosos investimentos europeus para a extração de gás e petróleo de seu território. Combustíveis que os europeus pagam a bom preço.